Loja da Ralph & Russo em shopping de Londres
Loja da Ralph & Russo em shopping de Londres || Créditos: Reprodução

Afetada por série de lockdowns decretados no Reino Unido, Ralph & Russo pede falência

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0
0
Loja da Ralph & Russo em shopping de Londres
Loja da Ralph & Russo em shopping de Londres || Créditos: Reprodução

Mais uma notícia triste no mundo da moda: considerada uma das marcas favoritas das celebridades de Hollywood, a maison britânica Ralph & Russo deu entrada em um pedido de proteção judicial contra credores em um tribunal de Londres nessa quarta-feira. Fundada em 2006 pela dupla Tamara Ralph e Michael Russo, a empresa informou em um comunicado que não resistiu às consequências causadas pelos inúmeros lockdowns decretados no Reino Unido desde o começo da pandemia, que resultaram em uma queda brusca em suas receitas.

Sem muita presença no segmento de e-commerce, o que “salvou” várias de suas concorrentes durante a crise causada pelo novo coronavírus, a Ralph & Russo vai continuar operando normalmente apesar da medida protetiva que na prática representa sua falência.

Descrita pela “Vogue” americana como produtora de “um novo tipo de luxo para se vestir” quando estava no auge, e com fãs como Angelina Jolie, Meghan Markle, Aishwarya Rai e até a pequena Stormi, herdeira de Kylie Jenner, a Ralph & Russo recebeu em 2019 um investimento de US$ 70 milhões (R$ 389,4 milhões) feito pelo Sapinda Group, dono da marca de lingerie La Perla, que deveria ser usado para ampliação de sua plataforma de vendas online, mas aparentemente o resultado desse esforço não veio a tempo de se evitar o pior. (Por Anderson Antunes)