09.01.2019  /  10:27

Acusado de assédio, celebrity chef Mario Batali não será processado por falta de provas

Mario Batali || Créditos: Getty Images

O celebrity chef e apresentador de televisão americano Mario Batali tem ao menos um motivo para respirar aliviado: acusado no fim 2017 de ter assediado sexualmente funcionárias dos vários restaurantes que tem em Nova York, na época admitindo que se “comportou mal” com algumas delas, ele não será processado pelos supostos crimes sexuais que cometeu contra duas que o acusavam de estupro.

Ambas as acusações eram as mais graves feitas até hoje contra Batali, e chegaram a ser investigadas pelo Departamento de Polícia de NY, mas por causa da falta de provas acabaram sendo arquivadas no começo da semana.

Considerado um dos maiores nomes do universo culinário da Big Apple, Batali deixou o comando da empresa que controlava a maior parte de seus restôs assim que o escândalo estourou na mídia. Os badaladíssimos Babbo Ristorante & Enoteca e The Spotted Pig, sendo que neste último teria ocorrido um dos supostos estupros, são alguns dos hotspots mais conhecidos dele por lá. (Por Anderson Antunes)