03.07.2018  /  9:37

Acredite se quiser: capa da invisibilidade de Harry Potter está perto de se tornar uma realidade

Harry usava sua capa para espiar os colegas e professores em Hogwarts || Créditos: Reprodução

Destaque desde o primeiro filme da franquia “Harry Potter”, a capa de invisibilidade que o menino bruxo usa em vários momentos e que tem sua origem explicada no penúltimo episódio da saga está perto de se tornar realidade. Isso graças a um grupo de cientistas canadenses que desenvolveram um equipamento capaz de fazer desaparecer objetos sólidos com truques de ilusão de ótica, que propriamente batizaram como “manto espectral”.

É preciso explicar que o olho humano vê apenas a luz refletida dos objetos, que por sua vez refletem diferentes ondas de luzes dependendo das cores de cada um. O que o experimento faz é, basicamente, reverter esses feixes luminosos de forma que a nossa visão não fique distorcida, criando uma imagem transparente. Isso supera os problemas enfrentados por outras invenções de camuflagem que, no melhor dos casos, criavam imagens embaçadas.

“Nosso trabalho representa um avanço na busca pela capacidade de tornar objetos e pessoas invisíveis”, disse José Azanã, líder do time de cientistas, em entrevista ao jornal “Optica”, editado pela The Optical Society dos Estados Unidos e no qual o anúncio do manto espectral foi feito. O próximo passo é tornar a novidade imperceptível aos olhos sob todos os ângulos e cores, o que poderá trazer benefícios para a indústria de fibra ótica, por exemplo.

Alerta de spoiler! Harry herdou a capa de invisibilidade de seu pai, e a usa com frequência para espiar os colegas e professores na escola de magia Hogwarts. Ao longo da trama criada por J.K. Rowling é revelado que o acessório mágico foi presente da Morte para um mago esperto que lhe pediu a chance de ir embora sem ser perseguido, até que finalmente os dois se encontram e se tornam amigos. (Por Anderson Antunes)