06.03.2015  /  14:26

Acionistas minoritários derrubam proposta multimilionária de Jay-Z

Brooklyn Arena
Oferta de Jay-Z foi considerada muito baixa pelo conselho que reúne os acionistas minoritários do Aspiro || Crédito: Getty Images

Com uma fortuna pessoal na casa dos US$ 520 milhões, daria para dizer que Jay-Z tem condições de possuir tudo que o dinheiro pode comprar. Exceto por uma participação no serviço de streaming musical sueco Aspiro, pelo qual o marido de Beyoncê Knowles acaba de fazer uma oferta. Por meio de sua holding de investimentos, a Project Pahter Bidco, o rapper acenou com US$ 56 milhões em dinheiro por um pedaço da empresa, que hoje é controlada pelo grupo Streaming Media.

O problema é que a oferta de Jay-Z foi considerada “muito baixa” pelo conselho que reúne os acionistas minoritários do Aspiro. Eles possuem juntos cerca de 10% da empresa, o suficiente para que possam bloquear qualquer negócio que não considerem bom, como pretendem fazer nesse caso. “Iremos recomendar aos nossos membros que recusem à oferta, que não condiz que nossa avaliação sobre o real valor que atribuímos ao Aspiro”, disseram os minoritários, em carta. Não dá pra vencer todas. (Por Anderson Antunes)