08.06.2017  /  14:33

A lua de mel de Miranda Kerr pode acabar bem antes do programado…

Evan Spiegel e Miranda Kerr || Créditos: Getty Images
Evan Spiegel e Miranda Kerr || Créditos: Getty Images

Ao que tudo indica, a lua de mel de Miranda Kerr e Evan Spiegel corre o risco de ser cortada pela metade. É que o casal, que subiu ao altar na semana passada, embarcou em seguida para o exclusivo Laucala Island Resort, uma ilha perto de Fiji, onde pretendia ficar até meados de junho apesar dos altos preços do estabelecimento, que pertence ao bilionário Dietrich Mateschitz (dono da Red Bull) e cobra diárias entre US$ 12 mil (R$ 39,4 mil) e US$ 60 mil (R$ 196,8 mil).

O problema é que um relatório recém-publicado pela Instinet, uma agência de Nova York que presta serviços para investidores de Wall Street, revelou que os downloads do Snapchat – do qual Spiegel é cofundador e CEO – caíram 22% nos últimos 12 meses, número que está causando pânico no quartel general do aplicativo em Venice, na Califórnia.

A situação é ainda mais crítica entre os donos de iPhones – nesse caso, os downloads do Snapchat sofreram uma queda de 40% no mesmo período. O maior vilão dessa história, claro, é o Facebook, que lançou o Stories do Instagram em agosto do ano passado, criando um concorrente de peso para Spiegel e seus subordinados, que agora clamam pelo retorno imediato do chefe na esperança de que ele coloque a casa em ordem. (Por Anderson Antunes)