12.08.2018  /  9:00

A culpa é das estrelas: a nova tendência entre os viajantes descolados é o “astroturismo”. Vem!

Olhar pro céu virou tendência na indústria de turismo || Créditos: Getty Images

Foi-se o tempo em que embarcar em um cruzeiro por ilhas gregas ou em uma road trip pelo interior da Itália era desejo de consumo entre os viajantes mais descolados, já que agora a nova mania dessa turma é o astroturismo. Nunca ouviu falar disso? Calma, a gente explica: enquanto bilionários como Richard Branson, Elon Musk e Jeff Bezos tentam conquistar o espaço a fim de torná-lo um dos próximos destinos de férias da humanidade, aqueles com o pé mais fincados no chão (literalmente) se contentam em explorar alguns dos melhores pontos da Europa para se observar as estrelas.

Graças a isso, uma infinidade de pacotes específicos para esse fim tem se popularizado nas agências de viagens de lá e também de outras áreas do planeta. Mas as joias da coroa parecem estar mesmo no velho continente, com destaque para os parques de Brecon Beacons National Park e Snowdonia National Park, ambos localizados no País de Gales, além do Exmoor National Park e do Moore’s Reserve, da Inglaterra, e das cidades de Kerry (Irlanda), Pic du Midi (França) e Rhön (Alemanha).

Todos esses lugares são considerados perfeitos para uma experiência mais estelar do que de costume, além de serem os mais preparados, com hoteis e pousadas bem equipados e alguns até oferecendo telescópios e afins para aluguel ultimamente. Esse tipo de viagem exige um certo preparo físico, já que muitas vezes é preciso subir montanhas, mas pra quem já viu de tudo por estas bandas e quer saber o que o resto do universo no reserva até pode ser uma boa pedida, hein. E aí, interessou? (Por Anderson Antunes)

*

Clica na seta da galeria aí embaixo pra ver fotos dos melhores hotspots da Europa para se apreciar as estrelas: