12.02.2019  /  8:28

Briga de Madonna com os vizinhos em NY continua: agora eles estão cobrando mais de R$ 500 mil da cantora

Madonna e o edifício Harperley Hall, que fica em NY || Créditos: Getty Images/Reprodução

A briga de anos que Madonna trava na justiça americana com os moradores do luxuoso edifício Harperley Hall, localizado no Upper West Side de Nova York e onde ela tem um apartamento que raramente usa, acaba de ganhar um novo capítulo. Dessa vez os vizinhos da material girl decidiram cobrar dela em um tribunal de Manhattan os mais de US$ 140 mil (R$ 526,8 mil) que precisaram desembolsar para pagar os advogados que os defendem no imbróglio, cuja origem data de meados de 2016.

Tudo começou quando Madonna começou a emprestar o apê que comprou por US$ 7,3 milhões (R$ 27,5 milhões) no fim de 2014 para seus amigos mais chegados, sem comunicar os outros condôminos que faria isso. O problema é que no Harperley Hall há uma regra meio estranha que exige a presença dos proprietários de imóveis no prédio sempre que estes estiverem sendo ocupados, e Madge chegou a argumentar que, por ser uma “artista de renome global que vive viajando”, simplesmente não tem como segui-la.

Como não houve entendimento entre as partes, a cantora bateu o pé de pronto e resolveu contra-atacar os “rivais domésticos” com um processo no qual acusa eles de demandas indevidas, mas a ação foi arquivada em setembro de 2017. Apesar disso, a intérprete de “Papa Don’t Preach” apelou da decisão, e nesse caso os acusados precisaram continuar bancando seus defensores. A essa altura ninguém arrisca dizer o fim que a disputa legal terá, de tão complicada que se tornou. (Por Anderson Antunes)