13.12.2017  /  12:10

5 polêmicas envolvendo Taylor Swift, que chega aos 28 anos causando mais do que nunca

Taylor Swift || Créditos: Getty Images

Se tem uma coisa que Taylor Swift faz muito bem é causar. E em 2017 não foi diferente. Uma das maiores estrelas pop da atualidade, a cantora americana deu o que falar por causa da ação que moveu contra o DJ David Mueller, a quem acusou na justiça de ter apalpado seu bumbum contra sua vontade, assunto que rendeu manchetes e conquistou posições no topo das paradas com os hits cheios de indiretas do álbum “Reputation”, que lançou em novembro e se tornou sucesso imediato, com mais de 1,2 milhão de cópias vendidas nos Estados Unidos em sua primeira semana nas lojas do país.

E tudo isso com apenas 28 aninhos, idade que ela completa nesta quarta-feira, semanas depois de ser eleita pela “Time” uma das personalidades do ano, e com a tranquilidade de quem já não precisa mais se preocupar com dinheiro, já que em junho a fortuna da cantora foi avaliada em US$ 280 milhões (R$ 926,8 milhões) pela revista “Forbes”.

Fica até a dúvida: será que Taylor continua em alta por que está sempre envolvida em polêmicas ou por causa de sua carreira musical, lançada há pouco mais de dez anos? Seja lá o que for, a gente aproveita o aniversário dela para lembrar 5 das maiores polêmicas nas quais a intérprete de “Fearless” se envolveu. (Por Anderson Antunes)

Katy e Taylor posam lado a lado || Créditos: Getty Images

Taylor Swift vs. Katy Perry

Uns dizem que é tudo combinado, jogada de marketing, outros garantem que as duas realmente não se se suportam. O fato é que nem Katy muito menos Taylor se empenham em encerrar de uma vez por todas os rumores sobre a suposta inimizade, que curiosamente sempre vem à tona quando uma delas está lançando algum trabalho novo. Ah, também é mistério o verdadeiro motivo por trás da rixa histórica entre elas. Reza a lenda que tudo começou com a canção “Bad Blood” (“Sangue Ruim”), incluída no álbum “1989” de Taylor, que seria sobre Katy e sua já bastante conhecida língua ferina. Ui!

Kanye “Fora da Casinha” West e Taylor || Créditos: Getty Images

O bafão do VMA de 2009

Como deixar de fora o momento mais constrangedor da história do VMA, que deu origem a tantos memes ao longo dos anos… Vale até uma retrospectiva: na edição de 2009 da premiação organizada pela MTV americana, logo que foi anunciada como a vencedora na categoria de Melhor Vídeo Musical feminino e subiu ao palco para agradecer a
honraria, Taylor foi interrompida pelo rapper, que estava indignado com a escolha dela ao invés de Beyoncé Knowles. Queen B eventualmente levou outro prêmio cobiçado daquele ano (o de Vídeo Musical do Ano) e gentilmente cedeu o tempo que teria para fazer seu discurso de agradecimento para a colega.

O DJ David Mueller e a cantora || Créditos: Getty Images/Reprodução

A batalha judicial contra o DJ

Uma das maiores polêmicas envolvendo famosos em 2017, o caso teve origem em 2013, quando Taylor e Mueller se conheceram nos bastidores de um programa de rádio bastante popular nos Estados Unidos. Na ocasião, a cantora afirma que o DJ apalpou seu bumbum sem a menor cerimônia, e somente em agosto deste ano ela resolveu cobrar explicações dele na justiça por causa do episódio. Muller acabou sendo condenado a pagar uma indenização simbólica de US$ 1 pelo crime para Taylor, que acabou entrando para o time das celebridades que usaram a própria fama a fim de chamar atenção para falar sobre assédio e abuso sexual em Hollywood.

A cantora no videoclipe de “Ready For It?” || Créditos: Reprodução

Estão prontos pra mais polêmica?

Taylor, que é fã de uma boa indireta, também polemizou neste ano com o videoclipe do single “Ready For It?”, que lançou no fim de outubro no Youtube. O filminho é repleto de referências misteriosas que mais parecem cutucadas em amores passados dela, inclusive um chega pra lá em Calvin Harris, talvez o ex mais famoso da cantora. Se a ideia era atrair público para o trabalho, funcionou: em menos de dez horas o vídeo dirigido por Joseph Kahn bateu 5,8 milhões de visualizações e se tornou um dos assuntos mais comentados pela imprensa internacional e também nas redes sociais.

Taylor com o ex, Calvin Harris || Créditos: Getty Images

O pecado imperdoável de Calvin Harris

Por falar em Harris, ele e Taylor terminaram em junho de 2016, depois de 15 meses de namoro e citando aquela velha de desculpa de “problemas de agenda” que alguns famosos usam nessas horas. Mais tarde, no entanto, começaram a surgir indícios de que o ex casal decidiu colocar um ponto final na relação por um motivo muito mais
sérios: ele esqueceu de creditar a cantora na música “This Is What You Cam For”, usando apenas o pseudônimo dela, Nils Sjoberg. A vingança, é claro, veio em forma de música: “Eu sabia que ele era um matador desde a primeira vez que o vi” e “Fico pensando quantas garotas ele amou e depois deixou assombradas” estão no refrão de “Ready For It?”, que ela teria escrito especialmente para o DJ escocês.