40º Anuário do Clube de Criação é feito de ouro e pesa 10 quilos

07.09.2016  /  10:00

tamanho livro de ouro
Clique do 40º Anuário do Clube de Criação || Créditos: Divulgação/Gustavo Zylbersztajn

Convidado para assinar o 40º Anuário do Clube de Criação – entidade sem fins lucrativos fundada em 1975 para valorizar e preservar a criatividade da propaganda brasileira -, Márcio Ribas, diretor de criação da agência Neogama e sócio da multimarcas Choix, resolveu ir mais longe. Concebeu com sua equipe um livro feito de ouro, com 485 páginas, que reúne o melhor da publicidade no ano que passou. “A ideia era refletir na forma do livro o conteúdo dele: ideias e insights preciosos”, conta Ribas.

O objeto, que pesa 10 quilos e levou 3 meses para ser produzido e revestido de ouro, tem como tema “O Bom é o Inimigo do Ouro”, e leva cliques feitos por Gustavo Zylbersztajn, que usou 20 quilos de pó de ouro para elaborá-los.

O lançamento do anuário acontece neste sábado, às 21h, durante o Festival do Clube de Criação 2016, e contará com playlist da DJ Marina Dias. O festival acontece de sexta à segunda-feira, na Cinemateca Brasileira, na Vila Clementino, São Paulo, e reunirá também palestras, seminários, debates e outros eventos, reunindo os pesos-pesados da publicidade nacional e internacional.

Abaixo, texto conceito que vai no Anuário.

O tema deste Anuário celebra a excelência.
Que não deve ser apenas um objetivo e, sim, um hábito diário.
Praticado repetidamente como um mantra.
Exige foco, obstinação, trabalho duro.
Pode até superar o talento da mesa ao lado,
quando quem senta lá não trabalhou tanto.
A excelência é brilhante como OURO.
Ofusca o medíocre, o banal, o que é somente BOM.
Mas, depois de garimpada, também precisa ser
derretida, moldada e polida para ter valor.
Foi o que aconteceu com este livro que agora chega às suas mãos.
Pela primeira vez, o Clube faz apenas um livro.
Não por acaso, de OURO.
Exatamente como as ideias que estão dentro dele.