09.04.2018  /  16:09

“2017 foi um ano bem sofrido pra mim”, reflete Thaila Ayala, prestes a voltar de vez ao Brasil

Thaila Ayala || Créditos: André Nicolau

Depois de quatro anos morando em Los Angeles, Thaila Ayala voltou a circular em solo nacional com mais frequência. Sua maior temporada por aqui, desde que decidiu viver no exterior, aconteceu entre o fim de 2017 e início deste ano, quando contou ao Glamurama que veio para um trabalho no final de novembro e acabou ficando por conta de outras oportunidades, além do período “coincidir” com o início de seu namoro com Renato Góes.

Acontece que sua vida entre o Brasil e os EUA estão com os dias contados, já que a atriz não vê a hora de retornar. “Já estou pronta para voltar tem um tempo, 2017 foi um ano bem sofrido pra mim. Até meu terceiro ano lá eu ainda estava muito empolgada, cheia de novidades, mas o quarto ano foi bem doloroso. Só queria comer comida brasileira, ouvir música brasileira. Bateu saudade das origens, da terra, da língua…”, desabafou Thaila ao Glamurama.

Sobre sua volta, que ainda depende de negociação de projetos entre lá e cá, mas que tende a ser mais cedo do que se imagina, ela afirma: “Não sei como vai ser porque é muito tempo morando fora e a gente se desacostuma com algumas coisas, mas estou morrendo de saudade.” Sobre a vida em Los Angeles, completou: “Lá eu tenho uma rotina boa e tranquila onde consigo me cuidar e estudar pra caramba. Meu dia a dia é saudável, o que não consigo ter aqui. LA tem uma cultura de se alimentar muito bem, com muitas opções veganas. Inspira hábitos saudáveis.”

Thaila Ayala || Créditos: André Nicolau

LA -> SP
Apesar de estar prevista para voltar à Globo na pele de uma vilã na novela “O Sétimo Guardião?”, de Aguinaldo Silva, que estreia em novembro, Thaila prefere São Paulo ao Rio como sua futura base. “Me vejo morando em São Paulo, que tem vida cultural interessante, agitos, além de um serviço melhor. O Rio infelizmente está vivendo um momento muito crítico, dá medo voltar pra lá.” Sobre o namoro com Renato Góes, que assumiu publicamente em dezembro, contou que vai tudo muito bem, “graças a Deus”, mas que para morar junto ainda está cedo. Esta é a primeira vez que ela topa um namoro à distância e sobre a experiência contou: “Rola uma saudade natural, principalmente por ser começo de relação, mas está tranquilo. Ficamos três meses juntos entre o fim de 2017 e começo de 2018.” Sua dica para fazer o romance funcionar mesmo a quilômetros de distância? “Acho que é preciso fazer a distância ficar boa, no sentido de deixar a relação leve, de estar junto e se fazer presente.”

Thaila Ayala e Renato Góes || Créditos: Reprodução Instagram

DIETA
Voltando aos hábitos saudáveis adquiridos em Los Angeles, Thaila contou que continua carnívora pra caramba e que, apesar de nunca ter feito dieta pra emagrecer, e sim pra ganhar peso, precisou buscar ajuda nutricional da Drª Patrícia Davidson para tratar problemas no seu intestino. “Sempre tive crises, gastroenterite viral direto e a gente buscou alcançar um equilíbrio. Neste processo descobrimos várias intolerâncias e, a partir daí, mudamos minha alimentação. Descobri intolerâncias aos derivados de leite, glúten e fermento, mas minha dieta não é totalmente livre disso.” Sobre as guloseimas que ela adora – quem a segue no Instagram sabe – contou que continua comendo, mas reduziu as quantidades. “Uma ou duas vezes na semana.” Seu maior fraco? Chocolate. “Até tento comprar o amargo e outras versões mais saudáveis, mas continuo me acabando nos clássicos. Na Páscoa minha imunidade até caiu de tanto chocolate que eu comi.”

Thaila Ayala em um de seus treinos de fortalecimento dos músculos || Créditos: Reprodução Instagram

TREINOS

“A primeira vez que treinei em uma academia foi aos 28 anos, quando senti meu metabolismo mudar e comecei a treinar. Antes disso não conhecia academia. Já tinha feito outros esportes como dança, sempre seguindo uma dieta de engorda”, diz ela que é grata à genética. “Depois disso nunca mais parei de treinar, mas sem ‘nóias’. Há três meses descobri uma hérnia de disco e desde então estou com a coluna travada e fiquei todo esse tempo sem treinar. Só agora estou voltando, mas devagar, apenas com exercícios de fortalecimento.” Ainda sobre a hérnia, completou: “Os médicos acham melhor não operar por enquanto. Tenho feito fisioterapia, fortalecimento e está melhorando.” Sobre os sapatos de salto alto, diz que nunca foi fã e que usa com pouca frequência, apenas em eventos.”

BELEZA

Dona de uma das madeixas mais belas do Brasil, Thaila foi anunciada como a nova embaixadora de  Kérastase no país. “Estou muito feliz pela parceria com Kérastase. Já uso os produtos há anos e, por isso, sei que são ótimos. Ser a primeira embaixadora aqui no país de uma marca que confio é maravilhoso”, diz Thaila que é do tipo Sansão e deposita todas as suas forças nas madeixas. “Cabelo é importante para mim porque é uma ferramenta de trabalho. Mudar os fios para um personagem, por exemplo, é importante porque me coloca mais em contato com aquela pessoa que vou interpretar. E justamente por isso, tenho um cuidado extra com o cabelo. Como faço muita escova e prancha, não abro mão de cuidar dele com produtos da minha confiança e que eu sei que vão recuperar e proteger os fios” finaliza.

ANIVERSÁRIO
Thaila completa 32 anos neste sábado (14) e lamenta que, por conta de sua agenda de trabalho, este seja o primeiro em oito anos que não comemora no Coachella, festival de música na Califórnia. Pra compensar, vai ao amfAr em São Paulo nesta sexta feira e, no domingo, arma uma roda de samba no Rio, quando aproveita pra lançar um site e um app pra chamar de seu. Sobre as novidades, ela conta: “o site não é um blog ou um canal, é uma página que vai reunir meus trabalhos e será direcionada para quem quer saber mais sobre mim. Além disso terá dois canais com mais conteúdos: o social, onde eu vou anunciar um projeto social novo por mês e outro com textos autorais com tema livre que pode ser política, religião, moda e etc. Já o app será um espaço bem direto com fãs e que será alimentado com exclusividade pra quem curte meu trabalho e segue. Para assinantes.”

CINEMA
No cinema nacional, a atriz estreia no dia 14 de junho no romance “Talvez uma história de amor”. Ela será Clara, uma mulher que deixa uma mensagem na secretária eletrônica terminando o relacionamento com Virgílio (Mateus Solano), mas ele não faz ideia de quem ela seja, pois perdeu a memória. É a partir daí que a história se desenrola.

Thaila também participa dos longas “Hotel Delire”, com Marco Ricca, em um personagem que ela afirma ser “difícil de explicar”, e entrega aos risos que levou bronca do diretor em uma das tentativas de falar sobre o trabalho porque acabou dando spoiller e “Coração de Cowboy”, dirigido por Gui Pereira, com estreia prevista para setembro deste ano. Enquanto isso, em Los Angeles, negocia participação na série “Paradise”. Pelo jeito, esse ano será bem diferente. (Por Julia Moura)