03.08.2017  /  11:55

Tom Brady quarentão: 3 grandes conquistas do jogador além do coração de Gisele

Gisele Bündchen e Tom Brady || Créditos: Getty Images

Para a maioria dos brasileiros, Tom Brady é apenas o marido de Gisele Bündchen. A verdade, no entanto, é que o currículo do jogador é muito mais extenso e suas conquistas dentro e fora do campo vão muito além do coração da modelo mais famosa do mundo. Em homenagem ao astro do futebol americano, que completa 40 primaveras nesta quinta-feira, Glamurama lista 3 dos maiores feitos dele até hoje.

Tom Brady depois da vitória no último Super Bowl || Créditos: Getty Images

Campeão dos campeões
A maior realização de Brady é recente: ao vencer pela quinta vez o campeonato da NFL (a Liga Americana de Futebol) no último Super Bowl, ele se tornou o maior nome da história da competição, além de ter batido vários recordes em campo como o quarterback do New England Patriots. E olha que o bonitão quase foi o lanterninha quando foi selecionado pelo time, em 2000, como a 199ª escolha entre 200 outros jogadores, em um esporte no qual a performance dos jogadores costuma cair drasticamente ao longo dos anos.

Garoto-propaganda e cliente da NetJets || Créditos: Divulgação

Negociador hábil
Ao contrário da maioria dos colegas atletas, que embolsam milhões emprestando a imagem para inúmeros produtos, Brady é extremamente seletivo na hora de negociar contratos de patrocínio. E justamente por ser visto como “exclusivo” que consegue as melhores ofertas. Um exemplo é o acordo com a Netjets, líder em aviação executiva no mundo, que ofereceu ao jogador um de seus melhores planos sem custo apenas para tê-lo como garoto-propaganda. Coisa de uns US$ 8 milhões (R$ 25 milhões) anuais que ele não precisa desembolsar apenas por ser quem é.

O jogador fora dos campos: bem comportado || Créditos: Getty Images

Imagem é tudo
Manter uma boa imagem é uma preocupação constante de Brady. Ciente de que o público pode ser tanto aliado quanto seu maior inimigo, ele se esforça ao máximo para se manter longe de confusões e por conta disso tem um dos melhores índices de boa aceitação entre os consumires americanos, segundo a empresa de pesquisas de marketing E-Poll Market Research, dos Estados Unidos. Ele pretende continuar na ativa por pelo menos mais cinco anos e se continuar sendo visto como um bom moço e, pode se aventurar na política no futuro. Filho de membro do Partido Republicano e amigo de Donald Trump, há quem diga que ele tem chances. (Por Anderson Antunes)