12.09.2017  /  14:02

Sucesso de “It: A Coisa” já causa efeitos positivos no bolso de Stephen King

Stephen King || Créditos: Getty Images

O sucesso mundial de “It: A Coisa” nos cinemas já está causando efeitos positivos no bolso de Stephen King, cujo livro de mesmo nome publicado em 1986 serviu de inspiração para o filme recém-lançado. Além de ter direito a uma fatia da bilheteria da produção, que faturou mais de US$ 123 milhões (R$ 383,5 milhões) só no fim de semana, o autor americano também lucra com o aumento das vendagens da obra nas livrarias dos Estados Unidos e de outros países onde voltou a figurar entre as mais procuradas pelos leitores.

King, um dos escritores mais ricos do mundo com uma fortuna estimada em US$ 400 milhões (R$ 1,25 bilhão), pode viver tranquilamente apenas com os royalties que embolsa todos os anos por seus trabalhos publicados, muitos dos quais também já renderam adaptações hollywoodianas. A segunda parte de “It” na telona, aliás, está confirmadíssima para 2019, com o início das filmagens marcado para março do próximo ano. (Por Anderson Antunes)