19.06.2017  /  13:08

Simplicidade do Papa na hora de se vestir tem desagradado alfaiates do Vaticano

Papa Francisco|| Créditos: Chris Jackson/Getty Images

Conhecido por sua postura humilde, o Papa Francisco vem dando, desde que assumiu o posto de Chefe de Estado do Vaticano, em fevereiro de 2013, sinais de simplicidade máxima. Se recusa a usar o papa-móvel à prova de balas e se mudou para uma casa de hóspedes modesta em comparação aos luxuosos apartamentos papais.

Acontece que o seu estilo de vida também se estende ao seu modo de se vestir e isso tem desagradado os alfaiates italianos responsáveis pelo guarda-roupa do Papa e de cardeais do Vaticano. De acordo com o site católico de reportagens “Crux”, o estilo casual do Pontífice está prejudicando os negócios. Sua forma simples de se vestir, tem influenciado membros do clero mundo afora, muitos deles estão aderindo ao novo look, optando por capas de lã adornadas com cruzes de madeira ou metal no lugar das versões incrustadas de pedras preciosas e mantos de veludo usados pelo Papa Bento XVI. Isso reflete diretamente na diminuição dos pedidos aos alfaiates do Vaticano. Ainda segundo o site, o Pontífice usa apenas mocassins na cor preta, evita ornamentos e prefere lã à seda. “Não é questão de concordar [com as escolhas do papa]”, disse o alfaiate Raniero Mancinelli em entrevista ao site, antes de admitir que a capa clerical usada pelo papa é “talvez simples demais comparado ao que era [antes]”. Mancinelli tem ateliê em Roma, próximo ao Vaticano, desde 1962.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que há uma mudança de estilo no Vaticano. Nos anos 1960, o Papa Paulo VI eliminou partes incômodas de sua indumentária. Já seus sucessores, Papa João Paulo II e Papa Bento XVI, mantiveram estilos clássicos e faziam uso constante de capas de veludo.

700026939TK00099_The_Prince
Papa Francisco após encontro com o príncipe Charles e a duquesa Camilla no Vaticano em abril deste ano || Créditos: Chris Jackson/Getty Images