17.03.2017  /  13:30

Que tal uma volta ao mundo em um jato particular? O céu é o limite…

Interior e fachada do private Jet da Latitudes || Créditos: Reprodução
Interior e fachada do private Jet da Latitudes || Créditos: Reprodução

Já imaginou dar a volta ao mundo em um jato particular, sem dramas de imigração ou aperto em aviões comerciais? Isso, óbvio, já é possível e a empresa Latitudes, fundada em 2003, pode resolver seu problema em dois tempos. A jornada de 26 dias do Private Jet começa em março de 2018 em São Paulo, seguindo para o México, Havaí, Japão, China, Índia, Irã, Sicília e Marrocos, antes de retornar ao Brasil. Em cada um dos locais, todos são divididos em pequenos grupos durante os passeios para que prevaleça uma maneira mais intimista de viajar. Assim, as descobertas são experimentadas por um grupo seleto reunido em torno de um tema comum, compartilhando interesses similares, e unidos pelo objetivo de ampliar horizontes pessoais e intelectuais.

O roteiro, batizado Grandes Impérios da Humanidade, levará 50 privilegiados participantes para percorrer séculos da história mundial, descobrindo, com a ajuda de especialistas, com exclusividade e conforto total, a herança deixada por algumas das civilizações mais antigas da Terra. Quem acompanhará o grupo? O escritor e mestre em história Plínio Gomes e o jornalista Lourival Sant’Anna.

Para participar dessa experiência, é necessário desembolsar a quantia de U$ 138.800 dólares (quase R$ 500 mil) por pessoa, valor no qual estão inclusas 24 diárias em hotéis 5 estrelas com café da manhã, passagens aéreas em jato exclusivo, todos os almoços e jantares, transporte terrestre e um médico cirurgião para qualquer eventualidade. Embarque imediato…