19.09.2017  /  12:18

Discurso de Nicole Kidman em premiação traz à tona drama familiar envolvendo o ex Tom Cruise

À esquerda, Tom Cruise em 2009 com os filhos Conner e Isabella. À direita, Nicole Kidman em 2004 com Isabella e Connor, uma das últimas aparições da atriz com os filhos || Créditos: Getty Images

“Eu tenho duas garotinhas, Sunday e Faith, e meu querido Keith, a quem eu peço ajuda para seguir o caminho artístico, e eles tem que se sacrificar tanto por isso”, disse Nicole Kidman em seu discurso de agradecimento ao receber o Emmy de melhor atriz no último domingo. Pouca gente se deu conta de que a atriz australiana não mencionou seus filhos mais velhos, Connor e Isabella, adotados quando ainda era casada com Tom Cruise. Entenda esse drama familiar.

Nicole Kidman durante discurso no Emmy Award 2017 || Créditos: Trae Patton/Getty Images

Quando Nicole se separou de Tom, em 2001, após 11 anos de casamento, iniciou-se uma disputa pela guarda dos filhos. De uma lado, a atriz que não queria se separar das crianças. De outro, o ator, induzido pela religião da qual é seguidor fervoroso, a polêmica Cientologia, lutando para afastar Connor e Isabella da ex. No fim dessa disputa, Nicole foi obrigada a cortar relações definitivamente com os dois, que optaram por ficar com o pai e com a Cientologia – que também foi a responsável pela separação dos atores, já que Nicole nunca aderiu à causa.

Ha alguns anos, ex-funcionário da Igreja revelou que a organização não via com bons olhos a relação de Tom Cruise, um de seus membros de mais alto escalã, e Nicole Kidman. Para a Cientologia, a atriz era considerada uma “fonte potencial de problemas”, sobretudo por ter sido criada no catolicismo e ser filha de pai psicólogo – profissão vista como inimiga para a Cientologia. Nicole teria sido investigada por detetives particulares e seu telefone grampeado a pedido de Cruise. Supostamente, a Igreja ainda teria colocado os dois filhos adotivos do casal contra a mãe para que Cruise finalmente conseguisse a custódia deles.

Em 2016, Nicole interpretou uma mãe adotiva no filme “Lion”. Em entrevista ao jornal britânico “The Guardian” na época, ela disse que considera o papel uma carta de amor a Isabella e Connor.

Lembrando que o drama se repetiu com a atriz Katie Holmes, que se casou com Cruise depois de Nicole. A atriz também teve sérios problemas com o envolvimento do marido com a Cientologia, o que acabou em divórcio e no afastamento definitivo do ator da filha caçula Suri, que não vê o pai há tempos.

Nicole Kidman e Keith Urban com as filhas Sunday, 8 anos, e Faith, 6 || Créditos: Reprodução