05.01.2017  /  17:11

Museu Reina Sofia homenageia com exposição os 80 anos de “Guernica”, de Picasso

Fachada do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, em Madri e detalhe de “Guernica”, de Pablo Picasso || Créditos: Getty Images
Fachada do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, em Madri e detalhe de “Guernica”, de Pablo Picasso || Créditos: Getty Images

O Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia organiza a partir de abril em Madri, na Espanha, uma grande exposição sobre “Guernica”, do pintor Pablo Picasso. Tudo para celebrar os 80 anos da obra-prima símbolo universal da crueldade da guerra. A exposição batizada “Piedade e terror em Picasso: o caminho até Guernica” abre as portas no dia 4 de abril e segue em cartaz até 4 de setembro. Celebra também os 25 anos da chegada da obra ao museu.

Segundo comunicado oficial, será “uma grande exposição que reunirá 150 obras primas do artista, vindas da coleção do museu e de mais de 30 instituições de todo o mundo, como o Museu Picasso e o Centre Georges Pompidou, de Paris, o Tate Modern de Londres e o Museu de Arte Moderna (MoMA) e o Metropolitan Museum de Nova York”.

“Guernica” é a obra mais emblemática de Pablo Picasso, que nasceu em Espanha em 1881 e morreu na França em 1973. A pintura a óleo sobre tela de 349,3 cm de altura e 776,6 cm de largura mostra os horrores do bombardeio à cidade basca de Guernica por aviões alemães do regime nazista, que apoiavam o ditador Francisco Franco.