15.07.2017  /  7:40

Glamurama dá a dica de um casamento dos sonhos sob o sol da Toscana. Vem!

Diapositiva 1
Casamento dos sonhos no hotel L’Andana, na Toscana || Créditos: Divulgação

Casar sob o sol da Toscana, essa é a nossa dica depois que passamos dias de dolce far niente no L’Andana, hotel na Toscana que pertence à família Moretti, a mesma do L’Albereta na Lombardia, e que faz parte do seleto grupo The Leading Hotels of the World. Sabe tudo o que você sempre idealizou sobre um casamento na Toscana? Tem lá. Na chegada à propriedade, a Tenuta La Badiola, que pertenceu ao Grão-duque Leopoldo II no século 19, onde está o hotel, passamos por uma alameda de ciprestes que vai de encontro ao casarão com esculturas espalhadas pelo jardim. O clima de fazenda com plantações de oliveiras, gado e vinhedos tem o frescor do mar, já que estamos a poucos minutos da comuna de Castiglione della Pescaia e temos da janela do quarto a vista para a ilha de Giglio – onde aconteceu o fatídico naufrágio do Costa Concordia – e, em dias mais claros, pode-se ver até a Córsega. Logo que chegamos ao hotel, um dos motivos para se imaginar o casamento dos sonhos: uma pequena capela no jardim.

Além do prédio principal, com 33 suítes – hospedando aproximadamente de 120 a 130 pessoas, já que existem quartos triplos ou quádruplos – a propriedade ainda conta com a Casa Badiola a 50 metros do prédio principal –  uma golf house com villas para acomodar toda a família com kids club e piscina própria – o prédio principal ainda conta com outra piscina com fonte ao estilo clássico e uma coberta. E o mais legal é que o hotel pode ser reservado só para os noivos e convidados, evitando os meses de julho e agosto, de altíssima temporada.

O que fazer por lá? Aproveitar o spa que usa produtos colhidos no jardim como alecrim e o azeite produzido por lá para massagens e que leva a assinatura da marca de beleza britânica ESPA; dar um rolê de bike pelos vinhedos; jogar golfe e tênis; andar a cavalo – Shakira e Gerard Piqué fizeram o passeio com a família quando se hospedaram no L’Andana -; ir caminhando para a Trattoria do chef Enrico Bartolini para provar o menu degustação do restaurante uma estrela Michelin que fica na propriedade; aproveitar as mesas do jardim para um café da manhã ou almoço no sol ou um jantar a luz de velas com as delícias do restaurante La Villa do hotel e simplesmente olhar a vista observando o trânsito intenso de passarinhos na manhã ou no fim de tarde, além de ir à praia com toda a mordomia do L’Andana – estrutura de ombrelone, espreguiçadeira e piquenique. Mas o hotel tem um schedule próprio recomendado a casamentos, que pode ser seguido ou não. Espia só:

Dia 1 (uma dia antes do casamento): welcome drink com aperitivos na piscina e depois um jantar na praia.
Dia 2 (dia do casamento): café da manhã do La Villa (restaurante do prédio principal do hotel), almoço de um típico churrasco toscano ou piquenique no jardim, cerimônia no fim de tarde na capela, aperitivos, jantar de gala, fogos de artifício, festa e música e …. aquilo que não vai deixar a pista morrer: pizza ou massa na mesa do chef na cozinha por volta de uma da manhã. Por lá, não tem vizinho para reclamar do barulho, a festa não tem hora para acabar.
Dia 3: café da manhã no La Villa e partida.

Por Verrô Campos

*Verrô Campos viajou a convite do hotel L’Andana, da agência Nova Safari e da TL Portfolio

Siga a seta e confira os cliques para já ir imaginando o seu…