Daniela Albuquerque
Daniela Albuquerque || Créditos: André Ligeiro

Daniela Albuquerque está pronta para dar um novo sentido a sua carreira, e por este ninguém imaginava – nem ela. Depois de estudar teatro durante os três últimos anos na Célia Helena, a melhor escola de teatro de São Paulo, afim de se soltar mais como apresentadora, Daniela descobriu uma nova paixão: o cinema.

Ela acaba de estrear seu primeiro papel no curta-metragem “É Preciso Amar”, de Alessandra Leles e dirigido por Alessandra Leles e Nic Nilson. Os primeiros frutos de sua atuação já começaram a surgir com convites para estrelar mais filmes, como contou ao Glamurama.  Detalhe: a relação de Daniela com o cinema começou tarde, já que em sua cidade, Dourados, no Mato Grosso do Sul, não havia cinema. Sua primeira sessão foi “Titanic”, aos 15 anos. Por que cinema, e não novelas e teatros? “Filmes ficam documentados, podem ser vistos daqui a anos…”

No curta, Daniela vive Sueli, personagem que leva uma vida simples e morre de câncer. Na cena em que aparece, Daniela está de cama em uma casa de extrema simplicidade. Bem diferente da casa em que vive na vida real, ao lado do marido Amilcare Dallevo Jr e as filhas Alice e Antonella, em Alphaville. Para ver como ela leva jeito para a coisa, play!