07.08.2017  /  14:47

Crítico de Trump, ex-presidente do México vê seu país como potência da maconha

Vicente Fox || Créditos: Getty Images
Vicente Fox || Créditos: Getty Images

Crítico ferrenho do presidente Donald Trump, principalmente no Twitter, o ex-presidente do México Vicente Fox só não tem passado mais tempo soltando o verbo contra o republicano porque descobriu um novo hobby: fascinado com o crescimento da indústria de maconha legalizada nos Estados Unidos e no Canadá, ele quer que seu país se transforme no maior produtor mundial da erva e está fazendo até lobby para incluí-la na lista de produtos cuja importação e exportação é facilitada dentro do NAFTA, o bloco econômico formado pelos três países.

Em junho, aliás, Fox foi a grande atração de um evento anual promovido pela National Cannabis Industry Association, a associação dos produtores de maconha dos Estados Unidos, e falou para uma plateia de milhares de pessoas que seus conterrâneos têm potencial para responder por pelo menos 60% de toda a Cannabis consumida por americanos e canadenses em um futuro não muito distante.

É bom que se frise: a exportação de maconha pelo México ainda encontra restrições na lei, mas o uso pessoal da erva foi descriminalizado por lá em 2009 e a produção de maconha medicinal foi legalizada em abril deste ano. (Por Anderson Antunes)