21.07.2017  /  11:24

Condicional de O.J. Simpson preocupa o clã Jenner-Kardashian. Entenda!

O.J. Simpson, e Kim Kardashian com Kris Jenner || Créditos: Getty Images

Enquanto O.J. Simpson ouvia com um sorriso no rosto nesta quinta-feira a decisão do juiz que lhe concedeu liberdade condicional a partir de 1º de outubro, o clima era de pânico no clã das Jenner-Kardashian. Mas nada a ver com as opiniões de Kris Jenner, que era BFF da ex-mulher dele, Nicole Brown Simpson, assassinada em 1994, e faz parte da metade dos Estados Unidos que culpa o ex-astro da NFL pelo crime do qual ele foi inocentado em 1995 (Simpson está atrás das grades desde 2007 por causa de outras pendengas com a justiça, inclusive assalto à mão armada).

É que a matriarca e suas filhas, principalmente Kim Kardashian, temem perder espaço na mídia para o protagonista do julgamento mais midiático da história americana assim que ele for solto. E não é pra menos, já que o ex-jogador de futebol americano, que chegou a flertar com uma carreira em Hollywood no início dos anos 1990, já está sendo sondado por vários canais para estrelar um reality show sobre sua vida, e as somas em jogo são grandes.

Vale lembrar que Simpson ainda não pagou a indenização de US$ 33,5 milhões (R$ 104,7 milhões) aos familiares de Nicole e Ron Goldman, assassinado junto com ela, a que foi condenado a desembolsar depois de uma ação civil movida por eles em 1997, e é bastante provável que ele aceite qualquer oferta de trabalho generosa para quitar a dívida milionária o quanto antes. (Por Anderson Antunes)