16.06.2016  /  16:12

Divórcio bilionário de Linda e Harry Macklowe terá batalha nos tribunais

harrymacklowe-cine
Harry Macklowe quer se divorciar de Linda porque se apaixonou por Patricia Landeau || Créditos: Getty Images

Um dos casamentos mais duradouros do grand monde de Nova York chegou ao fim, e de maneira dramática. Depois de 57 anos de união, o investidor imobiliário Harry Macklowe, de 78 anos, comunicou a sua esposa, Linda, que quer o divórcio porque se apaixonou por outra mulher – no caso, Patricia Landeau, de 60 anos, presidente do braço francês da ONG Amigos Internacionais do Museu de Israel, com sede em Jerusalém. Os dois mantinham um caso há cerca de dois anos e Patricia morou ao longo de todo esse período em um apartamento que pertence a Harry, na caríssima Park Avenue.

O caso chama a atenção não somente pela trama inusitada, mas também pelas quantias em jogo. Dono de vários imóveis na Big Apple, entre os quais o terreno onde ficava o lendário Drake Hotel, Harry possui ainda mais de 1,1 milhão de metros quadrados em imóveis comerciais e uma coleção de obras de arte com peças de artistas como Mark Rothko e Franz Kline que é avaliada em pelo menos US$ 1 bilhão (R$ 3,47 bilhões).

Tudo isso, é claro, foi construído por Harry ao longo dos anos em que esteve casado com Linda, que já deu entrada no papéis do divórcio na justiça de Nova York e deverá reclamar pelo menos a metade do patrimônio total dele, estimado em mais de US$ 2 bilhões (R$ 6,9 bilhões). Detalhe: os dois nunca assinaram um acordo pré-nupcial, o que promete tornar a batalha nos tribunais ainda mais eletrizante. (Por Anderson Antunes)