19.04.2017  /  13:57

Citando “assuntos de família”, Tom Brady cancela visita que faria a Trump

Tom Brady || Créditos: Getty Images
Tom Brady || Créditos: Getty Images

Presença aguardada na Casa Branca nesta quarta-feira, Tom Brady cancelou às pressas uma visita que faria ao presidente Donald Trump porque tem “assuntos de família” para resolver, segundo o que informou em uma nota à imprensa. O encontro com o homem mais poderoso do mundo seria parte de uma tradição que existe nos Estados Unidos há anos: cabe ao chefe do executivo do país receber os vencedores do último Super Bowl, feito conquistado por Brady e seus colegas do New England Patriots em fevereiro.

A suspeita é que o jogador estivesse se referindo na nota à mãe dele, Galynn, que sofre de uma doença não identificada há quase dois anos, e para quem o marido de Gisele Bündchen dedicou a vitória.

Vários outros jogadores do Patriots também não estarão na reunião, que acontece no mesmo dia em que um ex-colega de time deles, Aaron Hernandez, foi encontrado morto em uma penitenciária de Massachusetts onde cumpria prisão perpétua desde 2015 por envolvimento em um assassinato. (Por Anderson Antunes)