20.09.2015  /  10:26

Brasileiros vão à Noruega atrás do fenômeno da aurora boreal

 

a
Aurora boreal se manifesta nos períodos que vão de setembro a outubro e de março a abril || Crédito: Divulgação

Um grupo de 16 brasileiros embarcou para a Noruega neste mês para caçar a aurora boreal – fenômeno natural causado pela interação entre partículas solares carregadas de eletricidade com a atmosfera terrestre -, que pode ser observado nos céus noturnos das regiões polares, principalmente em localidades acima do círculo polar ártico. Os caçadores da aurora serão acompanhados pelo advogado Daniel Japor, pioneiro no Brasil em expedições com grupos na caça por um dos mais surpreendentes fenômenos do planeta.

Daniel já levou quase 500 brasileiros para conhecer o que ele considera uma “experiência natural inigualável”. O advogado, que decidiu abrir mão da sua carreira profissional no Rio de Janeiro, investiu nas expedições como um negócio e se tornou referência no assunto.

“As luzes são o fenômeno mais bonito e misterioso da Terra, e que só ocorrem em regiões extremas do globo, onde poucos habitam ou podem chegar por causa dos custos. O impacto causado por aquelas imagens é indescritível. As reações das pessoas são as mais diferentes: há quem reze, há quem chore, há quem abrace como se fosse Réveillon”, conta Daniel.

A paixão de Daniel pela aurora boreal lhe rendeu um acervo com milhares de fotos. São imagens não somente das tempestades solares, mas também dos grupos levados por ele. Todo o material está sendo revisto e selecionado para fazer parte de uma exposição. “É uma experiência de turismo de aventura que deve ser vivida ao menos uma vez na vida por todos os habitantes do planeta”, finaliza. A aurora boreal acontece nos períodos de setembro a outubro e de março a abril.