27.08.2016  /  9:00

Antes de Londres e Los Angeles, Japan House vai abrir as portas em SP

fachada-tamanho
Projeto ilustrativo da Japan House São Paulo || Créditos: Divulgação

São Paulo está prestes a ganhar um pedaço do Japão: a Japan House, iniciativa global do governo japonês que propõe um novo olhar sobre o Japão contemporâneo. O empreendimento ainda nem foi instalado em Londres e Los Angeles, e já chega por aqui aproximando os brasileiros da cultura do país. Por que São Paulo? Porque é aqui que vive a maior população de origem japonesa fora do Japão, além da cidade ser o principal centro econômico da América Latina e polo importante de produção artística e cultural.

Com previsão de abertura para abril de 2017, o espaço será instalado no nº 52 da Av. Paulista e vai reunir exposições de arte, arquitetura, design, tecnologia e ciência, além de palestras e workshops, cursos de idioma, cultura e história sobre o Japão e encontros de negócios entre empreendedores japoneses e brasileiros. A gastronomia japonesa também estará presente, assim como uma loja de design.

Entre os envolvidos no projeto estão Angela Tamiko Hirata, diretora executiva, e Marcello Dantas, diretor de planejamento. Já o designer japonês e produtor executivo Kenya Hara dará as diretrizes gerais para as Japan Houses de todo o mundo.

Com projeto de Kengo Kuma, o prédio terá mais de 2.500 metros quadrados de área útil distribuídos entre quatro andares. Sem paredes fixas separando os ambientes, o projeto propõe a comunicação entre eles. Trata-se de um principio importante para os orientais: num pais como o Japão, onde o espaço é raro, a flexibilidade na hora de ocupá-lo é essencial. Até março de 2019, espera-se que os investimentos na iniciativa alcancem cerca de 30 milhões de dólares.

Para conhecer o projeto do espaço, siga a seta!

+www.facebook.com/JapanHouseSP