Johnny Depp
Johnny Depp || Créditos: Getty Images

Johnny Depp tem motivos de sobra para comemorar nesta sexta-feira. É que além dos 54 anos de vida que o ator completa, o último filme dele – “Piratas do Caribe: Os Mortos Não Contam Histórias” – já arrecadou mais de US$ 516 milhões (R$ 1,69 bilhão) nas bilheterias internacionais desde a estreia, em 26 de maio, apesar de ter sido massacrado pela crítica especializada.

A Disney, que produziu a superprodução e se autoproclama uma empresa “para a família”, temia que as polêmicas nas quais Depp andou se envolvendo nos últimos meses, do tumultuado processo de divórcio da atriz Amber Heard à briga na justiça americana com seus ex-agentes, a quem acusa de golpe, poderiam espantar o público e resultar em um desastre financeiro, já que o quinto episódio da franquia “Piratas do Caribe” custou mais de US$ 230 milhões (R$ 751,6 milhões).

Por falar em dinheiro, mesmo “quebrado” o astro hollywoodiano embolsou um salário de US$ 25 milhões (R$ 81,7 milhões) para estrelar o longa e ainda terá direito a algo entre 3% e 5% de sua arrecadação total, o que pode lhe render entre US$ 15 milhões (R$ 49 milhões) e US$ 25 milhões (R$ 81,7 milhões) extras. E pensar que teve gente que proclamou que a carreira dele tinha chegado ao fim… (Por Anderson Antunes)