04.03.2014  /  12:32

Afilhada de Carlinhos Brown é a nova aposta do Carnaval da Bahia

Por Manuela Almeida

Afilhada de Carlinhos Brown e orientada pela ex-produtora e “‘olheira” de Claudia Leitte, Amanda Santiago virou a grande aposta do Carnaval da Bahia. Depois de nove anos como vocalista da banda Timbalada, ela segue carreira solo, com o seu grupo Brasilady.  Neste Carnaval, ela puxou o histórico trio Caetanave e emocionou quem estava por perto. Conheça sua história:

Há quanto tempo você canta? 15 anos. Eu entrei na Timbalada quando eu tinha 17 e fiquei lá por nove anos. Me separei da banda faz seis. Agora trabalho com o meu grupo, Brasilady.

Como é a sua rotina? Respiro música o tempo todo. Minha casa virou o meu estúdio.

Ouvi dizer que você cria os seus instrumentos? Eu fiz uma bateria feita de partes de bicicleta e coloquei um surdo dentro de uma escada. É bonito e lúdico. Sou muito preocupada com a parte estética. Eu gosto de trazer conceito. Até porque eu precisava fazer valer a pena sair da Timbalada.

Para quem você canta? Para o povo que quer ouvir música boa. Canto para quem gosta do mundo lúdico.

O que Carlinhos Brown te ensinou? Uma mão lava a outra, união é importante, ter a consciência humanista,  acreditar na sua própria história, seguir a sua carreira com gratidão. Olho no olho, sabe?

Como é o figurino que você usa no palco? Pele transparente com muitos colares e saia de filó de todas as cores. Me inspiro muito no estilo da índia Catharina Paraguaçu e a escrava Anastácia. Duas mulheres guerreiras de muito bom gosto. Elas mexem comigo. Quando visto uma “pitadinha” delas me sinto Brasilady.

O que é ser Brasilady? É o meu estilo, meu apelido. É ser primitiva, contemporânea e eletrônica, seja no jeito de se vestir ou na música.

Em quem você se inspira para cantar? Os grupos Novos Baianos e Doces Bárbaros. Eu gosto das ideologias dos grupos e os poetas que neles têm.

Além de Carlinhos Brown, você já cantou algum outro artista? Na época da Timbalada eu cantei com quase todo o Brasil (risos). Aqui na Bahia, com Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Daniela Mercury, entre outras.

Com quem você mais gostou de cantar? Will.I.Am. Seis anos atrás eu fiz o coro, junto com Carlinhos Brown, para uma música dele. Achei diferente, chique (risos).

O que você traz de diferente para o Carnaval da Bahia? Esse ano eu fui uma das vozes escolhidas para ‘ressuscitar’ o trio Caetanave. Ele foi criado em 1972, em homenagem ao Caetano Veloso, que estava voltando do exílio. O trio ficou muito tempo guardado no galpão de Carlinhos. As pessoas choraram quando viram o Caetanave no circuito Barra-Ondina esse ano.

Quais são os seus projetos para 2014? Assim que terminar o Carnaval vou focar no meu primeiro CD solo, que vai chamar “Antônio” – o nome do Brown, do meu pai e do meu avô. E como a gente brinca que um CD é tipo um filho, batizei logo com um nome próprio. O repertório de música já foi escolhido, agora é só gravar. O tema vai ser amor, seja ele em que ritmo for.

Amanda Santiago puxou o trio Caetanave neste Carnaval 2014
Alguns dos instrumentos criados por Amanda Santiago

* Confira a música “Fofoqueira” que Amanda gravou com Carlinhos Brown:

Quer saber tudo o que está rolando neste Carnaval? Clique em Comissão de Frente

* Fiat é patrocinador oficial do canal Comissão de Frente por Fiat. Para saber mais, acesse: www.fiat.com.br; curta a página no Facebook www.facebook.com/fiatbr e siga no Twitter @Fiatbr.