10.08.2017  /  14:04

21 cavalos da Household Cavalry escapam e deixam a rainha Elizabeth II apreensiva

A rainha Elizabeth II e os cavalos da Household Cavalry no Palácio de Buckingham, em Londres || Créditos: Getty Images

A rainha Elizabeth II não é o tipo de mulher que se abala facilmente, mas ela recebeu com muita apreensão e uma certa irritação a notícia de que 21 cavalos que pertencem à Household Cavalry, uma divisão do exército britânico responsável pela cavalaria real que cuida de sua segurança pessoal, fugiram nessa quarta-feira e de maneira trágica do estábulo onde eram tratados em Melton Mowbray, no condado de Leicestershire.

As circunstâncias em que os animais escaparam estão sendo investigadas, e o que se sabe até agora é que eles foram vistos sendo perseguidos por pelo menos três motoqueiros nos arredores do estábulo e alguns chegaram a ser atropelados por carros. Uma mulher que testemunhou o ocorrido resumiu a cena no Facebook. “Achei que iríamos morrer. Foi um verdadeiro massacre”, ela postou na página oficial da polícia de Melton, no site de relacionamentos.

É bom frisar que os cavalos pessoais da monarca ficam nas propriedades particulares dela, como a Sandringham House, em Norfolk. É lá que ela cria os puro-sangues que lhe rendem todos os anos inúmeros prêmios e, sobretudo, muitos milhões de libras esterlinas, e cuja segurança ela faz questão de supervisionar pessoalmente. (Por Anderson Antunes)